Feira

Ranne Couto mostra atitudes que atraem concorrência e devem ser evitadas

Para especialista no mercado de festas, concorrentes são parte do negócio

 

Um dos principais temas do curso Insta Party, criado pela influenciadora Ranne Couto, é a relação dos empreendedores com seus concorrentes. Para ela, trata-se de algo inevitável, com que se deve aprender a lidar – no entanto, um cuidado fundamental é não usar suas redes sociais para atrair este tipo de público, em vez de repelir.

“Nem sempre quem segue você é seu fã”, resume Ranne. “Temos entre os seguidores diversos tipos de concorrentes. Tem o lobo vestido de ovelha, por exemplo, que comenta, mas depois usa sua hashtag. Seu concorrente vai sempre tentar pegar seu cliente, e não tem como evitar. Você se irritar com isso só vai fazer você se desgastar.”

Entre os erros mais comuns, de acordo com Ranne, e que podem acabar atraindo a concorrência, está o uso de hashtags genéricas demais, hashtags do radar do concorrente, e hashtags muito técnicas. “A mãe pensa diferente do profissional. Ela não pesquisa por ‘papelaria personalizada’, mas, sim, por ‘caixa de presente de sereia’.”

A especialista reafirma, no entanto, que o empreendedor deve, claro, manter-se atento à concorrência, mas sem criar alarde. “Ninguém copia o que é feio, então sinta-se valorizado. E, se o concorrente que te segue te incomoda, bloqueie-o.”

LEIA TAMBÉM

Dani Sakurai abre a programação

Quer ser um profissional de confeitaria? Não perca a Sweet Academy

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais